domingo, 8 de março de 2009

Imperdível!

Para quem perdeu este espectáculo este fim de semana no Centro de Artes da Calheta - Casa das Mudas, nem sabe o que perdeu.
Para quem não está na Madeira trate de tentar agarrá-los algures pelo País porque vale mesmo a pena!
Imperdível!



Sinopse: Um recital envolvente, de ritmo avassalador, com o intimismo de um ensaio, que rompe com o silêncio das bibliotecas.

De textos na mão, quase ao desafio, trocando informalmente de papéis, os actores João Lagarto e Vítor Norte levam-nos numa viagem de 60 minutos por textos variados, de autores consagrados, entrelaçados de forma inesperada e surpreendente.

Por vezes, até para os próprios actores.

São interpretados textos de Alexandre O´Neill e Alberto Pimenta, entre outros autores, numa recolha feita por João Lagarto.

Esta peça que não é bem teatro, mas também não é recital de poesia.

Ficha artística

. Textos de Alberto Pimenta, Alexandre O'Neil e vários outros

. Recolha e alinhamento: João Lagarto

. Produção: Alternative Media / António Gonçalves Pereira

. Fotografia: Santos d'Almeida

Classificação etária - maiores 12 anos

Duração do espectáculo - 60 minutos, sem intervalo


1 comentário:

Emília disse...

Um espectáculo muito bom, com dois actores experientes e talentosos, com um sentido de palco fantástico, uma intuição muito boa, bons a improvisar, vozes magníficas, boa selecção de textos... e naquela e lugar onde vale a pena ir e olhar em volta, o Centro de Artes Casa das Mudas.